Consumo Consciente de Embalagens – o que é isso?

Consumo consciente de embalagens é pensar no meio ambiente no momento em que você está fazendo compras, avaliando se as embalagens que está levando para casa junto com os produtos que adquiriu são mesmo necessárias ou feitas de materiais ambientalmente amigáveis – material reciclável ou feito de fontes renováveis, fáceis de reciclar ou que possibilitem sua reutilização.

descarte-embalagens

Consumir de maneira consciente é evitar comprar produtos que venham em embalagens que não são recicláveis ou são de difícil aproveitamento no processo da reciclagem, sempre que possível, dar preferência a bens embalados com materiais que você sabe que haverá como ser reaproveitado.

Não precisa ser expert em reciclagem, na dúvida opte por aquela que você já conhece ou já sabe que tem um destino final adequado. Um exemplo clássico dessa situação é o molho de tomate, entre os sachês e as latas de aço, as latas possuem um índice de aproveitamento na cadeia da reciclagem muito superior aos sachês. Apesar de ser possível de ser reciclada, aquela embalagem de sachê de molho de tomate não possui uma cadeia de reciclagem como a do aço.

Se mesmo assim você ainda estiver em dúvida, tente outra forma de decidir entre elas que é se perguntar: “Caso esta embalagem não vá para a reciclagem, qual irá se decompor em menos tempo?” Essa pergunta pode ajudar em alguns casos mas não sempre. No Brasil, muitos tipos novos de embalagens não têm um destino final adequado.

Esse, aliás, é o grande ponto dessa questão, o destino final daquilo que você descartou. É extremamente importante que as pessoas tenham em mente que a maneira como são descartados os resíduos, vai influenciar e muito em seu destino final, se jogar material que é reciclável misturado a rejeitos (lixo comum), esta embalagem está fadada a ser mais uma na gigantesca montanha de lixo nos aterros.

O Primeiro passo é a separação do que é reciclável e o que não é, mas não termina só ai, tem que encaminhar esses materiais recicláveis para locais que irão dar sequência na cadeia.

consumo_consciente

Com a falta de tempo dos dias atuais não estamos dizendo que você tenha que seguir o seu resíduo para saber para onde ele foi, mas o simples fato de questionar o responsável em uma reunião de condomínio sobre isso e pedir que ele apresente os comprovantes mensais de entrega de material para locais corretos já é um bom começo. Contratar e consumir de empresas que são responsáveis ambientalmente são outras formas de contribuir com essa cadeia.

Mas é possível fazer mais caso queira, no dia-a-dia em pequenas atitudes se obtém resultados como, por exemplo, pegar um guardanapo do porta-guardanapo em lugar de aceitar um que venha dentro de um saquinho de plástico. Evitar embalagens demais, do tipo “caixinha-dentro-de-um-saquinho-dentro-da-sacola-dentro-do-sacolão”, que geram uma quantidade enorme de lixo. – além de exigir que o lojista ofereça sacolas resistentes, dentro das especificações técnicas de qualidade.

É também procurar comprar produtos em embalagens que tragam quantidades adequadas para sua família (por exemplo: se a sua família é grande, compre as bebidas nas embalagens maiores; se for pequena, evite as embalagens grandes e, conseqüentemente, o desperdício).

É preferir produtos que ofereçam as embalagens mais adequadas ao “depois”, ou seja, tenham maiores possibilidades de se tornar matéria prima em processo produtivo.

A geração de resíduos cresce com o aumento do consumo – e as embalagens são o maior indicador desse crescimento. Quanto maior o consumo, maior a produção de embalagens. E embalagem é algo pelo que você paga, leva para casa e joga fora.

O consumo consciente de embalagens é levar em conta que toda embalagem que vai de carona em nossas compras tem um impacto na natureza – seja na sua fabricação ou no seu descarte, então que este último seja amenizado com embalagens recicláveis de fato.

Olhe em volta dos produtos que você está comprando e pense: essa embalagem é a melhor alternativa para o meio ambiente?

Procure saber mais sobre opções ambientalmente amigáveis e sobre consumo consciente! Pratique! Dê o exemplo! Compartilhe essa ideia! O planeta agradece!